O mistério do amor

Não muito sei sobre o amor
Aliás ninguém sabe,
É um grande mistério,
Que nos oculta a verdade

De onde vem?
Da mente ou do coração?
Acredito ser infinita,
A chama da paixão

Às vezes causa felicidade,
Outras a tristeza,
Mas o amor
É uma tremenda beleza

O amor é:
Mistério,
Enigma,
Suspense,
Mas nunca pense
Que não existe

Luis de Paula Eduardo, 7G

“Do ódio ao amor”

Odeio o ódio. Odeio com tanta força que odeio odiar tanto. Odeio quem tem ódio. Odeio quem prega discurso de ódio. Odeio quem se beneficia do ódio. Odeio quem estimula o ódio. Odeio quem reproduz o ódio. Odeio quem vive pelo ódio.

Agora troque todos os ‘ódios’ e ‘odeios’ por amor.

Giovanna Torres Fabbri, ex-aluna, 2013