“Gift”- a realidade do abandono de animais

Ao redor do mundo, há milhões de cães vivendo nas ruas, ou porque foram abandonados, ou porque já nasceram sem lar. Na Holanda, felizmente, todos os cachorros têm onde morar, por conta de medidas restritivas adotadas pelo governo de forma eficiente a evitar o abandono.

Recentemente, a Zoetis, multinacional húngara líder em saúde animal, procurou sensibilizar os espectadores para a questão do abandono de cães, através do poderoso curta-metragem “Gift”. A obra, com duração de cinco minutos, conta com a direção de Zsembuia Zsofia e é estrelada por Bernáth Julia, no papel de Red. Além disso, a participação especial do cão Heather, da Fundação de Proteção Animal de Füsesabony, na Hungria, confere ainda mais realismo e autenticidade à produção.

O enredo do filme é simples e retrata as transformações no cotidiano de uma família após a adoção de Red. As relações, inicialmente harmônicas, caminham para conflitos, revelando as dificuldades e o despreparo da família que fez a adoção. Isso culmina na atitude derradeira da família, que decide pelo abandono da criança. É quando uma nova surpresa ė revelada: a criança, na realidade, foi escolhida para retratar um cão.

Ao comparar o abandono de uma criança ao de um animal, tem-se a grande reflexão do filme, pois fica nítida a crueldade do ato de abandonar. Além disso,  atuação singela da criança como Red confere um tom realista, objetivo e provocador, capaz de atingir diversos públicos. A expressão de tristeza do cão arremata a obra e gera a reflexão sobre a adoção e abandono de animais. Iniciativas como esta são essenciais para caminharmos na direção da realidade holandesa, em que a adoção é um processo de maior consciência e responsabilidade e que vai contra o abandono canino.

Nicole Grossmann, 2B