Sentimento sangrante / Olofote / Força de vontade

Sentimento Sangrante

Nem eu sabia
Que coração sangrava
Sangue transparente
Que goteja da cara

Hemorragia mata
Isso sei
Não sou desavisada
Mas se é tão ruim
Por que sinto
Que me faz tão bem?

Então, por favor
Não estanque esse sangue
Que ele mal amado
Pode afogar-me
Mais que a dor que me dá

Força de vontade

É incrível
O quanto o tédio
Move montanhas
Só para não
Mover uma outra

Olofote

Me desfaço em lento passo
Com esse facho a me iluminar
De olhos dóceis sentimentais
Falso, fraco ou de fato
O sentimento, não sei
Não sei, mas quero saber

Lua (Paula V. Barros), 2H1